Comic Con Experience – Eu Fui!

mini

Eu sei que tá meio atrasado, mas pra quem não sabe eu estive presente na Comic Con Experience nos dias 4 a 7 de dezembro de 2014. Foi umas das melhores experiências da minha vida.

Tudo começou em meados de abril quando eu descobri que teria Comic Con no Brasil. Desde esse dia já queria comprar meu ingresso e fiquei atenta. Em junho, se não me engano, começou a venda do primeiro lote e eu comprei logo.

A partir daí começaram os preparativos. Passagem, hospedagem, cosplay, o que levar, etc. Eu como sou hiper ansiosa já queria que fosse no dia seguinte, haha.

Bem, depois de meses de preparativos finalmente chegou o grande dia. Eu tava numa ansiedade absurda e foi simplesmente mágico colocar os pés naquele lugar. Logo na entrada tinha música rolando, povo tudo animado chegando. Clima de festa mesmo!

E a partir desse ponto, nerds e geeks estavam no paraíso. Eram em torno de 100 stands com muita atividade legal em cada um. Tinha stand de dublagem, onde cada dia ia dubladores famosos, stand de action figures perfeitas, stand de jogos, quadrinhos e muitas outras coisas legais.

Além disso tudo, tinha os auditórios, que dependendo do dia era necessário encarar horas de fila para assistir algum painel específico. O auditório Thunder, que era o maior (capacidade para 2 mil pessoas) foi onde teve as pré-estréias dos filmes O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos e Operação Big Hero, além da série Marco Polo, da Netflix.

Preciso nem dizer o tamanho da fila para assistir O Hobbit, né? Teve gente que dormiu lá.

Não posso deixar de comentar sobre os cosplays. Pessoal levou a sério esse negócio e tinha cada um perfeito demais. É emocionante você chegar perto e tirar uma foto com personagens que curte tanto. Talvez você pense “ah, é só uma pessoa vestida, oras”, mas lá na hora isso não conta, a empolgação fala mais alto. É mágico poder ver os personagens de perto.

Além da emoção de ver personagens que eu curto, também experimentei o outro lado da moeda, afinal também dei vida a uma personagem. Fui de Katniss Everdeen em 3 dias de evento. Todo o trabalho que eu tive para montar o cosplay foi recompensado naquele lugar. As pessoas te chamam de longe pelo nome do personagem, alguns mais empolgados te abraçam, outros vem com um sorriso no rosto pedindo para tirar foto, isso sem contar os elogios “parabéns, tá perfeito seu cosplay”.

Mas como todos sabemos, nem tudo são flores. Nem mesmo em um evento mágico como esse, haha. E além dos elogios preciso dar algumas dicas para você que ainda não foi, mas pretende ir na próxima Comic Con.

Como eu já esperava, a comida lá é cara. Bem cara. Assim como a maioria dos eventos. Eu e meu namorado gastávamos uns R$ 50 cada vez que fazíamos um lanche. Se contar que o evento dura o dia inteiro, já é um gasto considerável. O lado bom é que podia levar lanche na mochila e tinha bebedouro disponível lá. Ótimo para recarregar sua garrafinha.

 

Além de falar um pouco sobre como foi o evento, eu quero muito deixar umas dicas úteis aqui para quem pretende ir no próximo:

  • Se possível, compre o ingresso logo no primeiro lote. Além de você já garantir logo o seu, ainda vai economizar dinheiro. Eu, por exemplo, paguei R$ 200 (+ doação de 1 livro) no meu ingresso para os 4 dias. Quem deixou pra comprar lá na hora pagou quase isso no ingresso para 1 dia só.
  • A partir do momento que você resolver ir à Comic Con, junte grana. Eu tenho um método que funciona perfeitamente: cofrinho. Mas tem que ser desses que só dá pra abrir quebrando ele. Assim você junta dinheiro sem nem perceber e depois, na hora da contagem, você descobre que tem mais dinheiro lá do que imaginava.
  • Se você for de outro estado, como eu, escolha um hostel ou hotel próximo ao metrô. São Paulo já tem um trânsito caótico e a chance de você se perder andando de metrô é quase nula se comparar com a chance disso acontecer andando de ônibus. Sem contar que metrô é bem mais rápido.
  • Ao contrário do que muita gente pensa, hostel também são ótimos de se hospedar, além do preço mais em conta. Foi a primeira vez que fiquei em um e super aprovei. Não precisa ser um lugar com tanto luxo, pois você vai lá só pra dormir mesmo.
  • Se puder, leve um carregador portátil. Lá existem tomadas disponíveis, mas sempre tem muita gente grudada nelas. Nada como ter sua própria “tomada” aonde quer que você vá.
  • Não esqueça de levar um casaco. Pra quem já mora em Sampa, sabe disso, mas você de outro estado, saiba que lá a temperatura cai muito no fim da tarde, mesmo em dias quentes. Eu deixei meu casaco no hostel no primeiro dia e passei aperto.
  • Leve Dorflex na bolsa. Pode parecer exagero, mas ele vai ser um ótimo aliado para você conseguir aproveitar ao máximo o evento. Eu fiquei com as pernas destruídas de tanto andar. E a dor vai acumulando a cada dia. Lembre-se, são 4 dias de evento!  Só no último dia que fui tomar Dorflex e foi um alívio absurdo. Na próxima vez tomarei todos os dias.
  • E claro, não esqueça sua câmera! Acredite, você vai querer registrar tudo o que ver pela frente e não vai faltar coisa e pessoa pra dar muitos cliques.

Acho que essas são as principais dicas. Programe-se, guarde dinheiro e o principal: divirta-se!!!

 

         

         

         

         

 

15   16   17   18

 

19   20 (2)   20   21

 

22

Dentista, viciada em séries, filmes, esmaltes, tecnologia e que só sai de casa acompanhada de seu querido smartphone.

Twitter YouTube 

Comments

comments

Comente

DEIXE SEU COMENTÁRIO: